A estrutura industrial do Espírito Santo e a competitividade dos seus recursos humanos na indústria 4.0

Nome: Thaís Maria Mozer
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 04/07/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Ednilson Silva Felipe Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Ana Carolina Giuberti Examinador Interno
Angela Maria Morandi Examinador Externo
Ednilson Silva Felipe Orientador

Resumo: O trabalho examina pela ótica neoschumpeteriana, de forma dinâmica, a evolução da competitividade e da estrutura industrial do Espírito Santo, com enfoque principal na qualificação, competências e conhecimentos envolvidos no emprego industrial a partir de 1985, quando começou no paradigma das Tecnologias da Informação e Comunicação. Também é realizada uma análise das instituições de qualificação profissional em nível técnico e superior no estado, por ser um fator competitivo externo a firma. Logo, o trabalho aborda fatores de competitividade por meio de aspectos internos, sistêmicos e externos ao setor produtivo. O trabalho conclui que as indústrias do Espírito Santo não conseguiram acumular as competências necessárias para o inseri-lo no novo padrão de produção da Indústria 4.0.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910