O Impacto dos Choques nos Preços das Commodities Sobre a Dinâmica da Inflação no Brasil: Evidências para o Crb Index e Índice de Commodities Brasil (ic-br)

Nome: Marcos Stöckl
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 15/06/2015
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Ricardo Ramalhete Moreira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Ana Carolina Giuberti Examinador Interno
André de Melo Modenesi Examinador Externo
Ricardo Ramalhete Moreira Orientador

Resumo: O conhecimento da dinâmica dos preços das commodities nos mercados internacionais tem ganhado importância nos últimos anos, haja vista seus potenciais impactos sobre a inflação no Brasil e, por conseguinte, suas implicações para a devida condução da política monetária. Segundo a literatura, países cujas economias dependem das exportações de commodities, como é o caso do Brasil, possuem um menor repasse de uma alta no preço das commodities sobre a inflação. Este menor repasse aos preços ocorre, uma vez que, o aumento do preço das commodities gera uma pressão de apreciação do câmbio local, que por consequência, alivia os efeitos sobre a inflação. Nesse contexto, o presente trabalho tem como propósito demonstrar os impactos dos choques nos preços internacionais das commodities na composição da inflação no Brasil, sua relação com o câmbio, bem como, as implicações desta relação para a condução da política monetária do Banco Central. Por meio da estimação de modelos de Vetores Auto Regressivos (VARs), comumente utilizado pelo Banco Central, foi estimado um modelo econométrico para verificar como as variações no Índice CRB (Commodity Research Bureau), principal índice de commodities mundial, e IC-Br (Índice de Commodities Brasil) - índice de commodities utilizado pelo Banco Central do Brasil, são repassados aos preços ao consumidor. Os resultados verificados a seguir mostram que, pela hipótese de choques de oferta, as flutuações dos preços das commodities possuem grande influência sobre a trajetória da inflação ao consumidor no país, embora em determinados períodos este impacto tenha sido amenizado possivelmente pela apreciação cambial. E, com base na literatura teórica e empírica, através dos resultados apresentados, buscar-se-á sugerir uma resposta de política monetária a estas variações de preços, comparativamente às respostas sugeridas pelos principais autores estudados.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910