Mobilidade Geográfica de Trabalhadores Qualificados: Principais Evidências para o Brasil e o Espírito Santo

Nome: João Paulo de Souza Campos
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 03/06/2014
Orientador:

Nomeordem crescente Papel
Gutemberg Hespanha Brasil Orientador

Banca:

Nomeordem crescente Papel
Reinaldo Castro Souza Examinador Externo
Gutemberg Hespanha Brasil Orientador
Alexandre Ottoni Teatini Salles Examinador Interno

Resumo: O objetivo desta dissertação, de forma geral, foi estimar empiricamente a probabilidade de imigração interestadual de trabalhadores qualificados para o Brasil. Consideraram-se tanto as variáveis relativas ao indivíduo quanto as variáveis relacionadas aos fatores regionais de origem e destino do imigrante e as análises foram feitas para os anos de 2001, 2006 e 2011. Para estimar os coeficientes das variáveis explicativas foram utilizados os modelos probit e logit. Os bancos de dados utilizados foram os microdados da PNAD e os principais resultados mostram que o principal polo de atração de trabalhadores qualificados é o estado de São Paulo. Em geral a probabilidade de migração de trabalhadores qualificados é maior para os indivíduos do sexo masculino, brancos e solteiros. Pessoas mais jovens e com maiores salários também são mais propensas a serem imigrantes qualificados.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910